quinta-feira, 2 de agosto de 2007

Vontade de ser amada

Image Hosted by ImageShack.us

sempre há um dia que olhamos
para dentro de nós...

sempre há uma esperança
de que um novo amanhã
surja entre brumas...

sempre há um desejo
de sonhar de novo...
lambuzar-se de paixão
e eternizar um beijo molhado...

sempre há um carinho
que espera ansiosamente
por um colo querido...

sempre há ternura
espalhada em forma de volupia...
delicadeza em gotas suaves...

sempre... no coração de uma
mulher existe o desejo de
ser amada....
Deusa do Amor




14 comentários:

david santos disse...

Tudo belo!
Aliás, tu sempre nos enches-te de beleza.
Parabéns.

Som Do Silêncio disse...

Todos desejamos e almejamos ser amados!
Lindissimo o teu texto.
Desculpa a ausência tenho andado sem tempo... e agora vou de férias... affff

Uma beijoka ensolarada :)

sony disse...

Olá Deusa;-)

mas que delicia de fotos ternurentas eu vi aqui das princesinhas!
Gostei imenso deste slide e a música está linda como as fotos!

As melhoras da tua princesinha pequena;-)
Um bj enorme para as três!
Sony;-)
Que tenham muitos momentos assim juntas!

A.S. disse...

Há sempre o desejo permanente da busca do infinito!...


Beijoss... Deusa!

lurainbow disse...

Saudade , uma dor no peito um vazio na alma e uma vontade imposivel para mudar tudo para estar perto de quem tanto amámos ...
Lurainbow com saudades ...
Lembrar e homenagear uma grande AMIGA!
Passa por lá , comenta ou reza , tanto faz ...

Naeno disse...

A saudade passa e logo vem, afina a gente, faz o que convém. Remédio tem sido eu chorar. A saudade é dor que vai mas volta e não tem jeito, a gente entorta o rosto pra poder chorar.

Adorei tua poesia.
Um beijo na pelo do teu coração

Naeno disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
NETMITO disse...

Adorei o que escreveste e a musica.
Uma musica em doce encanto, em suave melodia...
Para que o amor suavemente te sorria na dança eterna da doce magia...)

NETMITO disse...

Adorei o que escreveste e a musica.
Uma musica em doce encanto, em suave melodia...
Para que o amor suavemente te sorria na dança eterna da doce magia...)

naenorocha1@hotmail.com disse...

QUINTAL

O meu mundo é do tamanho de um quintal
E pela vida toda eu não atingi seus limites.
Tem um poço que quando jogo os ouvidos
Ouço a saparia orquestrar a Ave Maria
E ouço Deus, e o vejo catar laranjas,
Futucando as verdes que caem maduras.
Selei cavalos com embira de tucum,
Amanheci em campos distantes das cercas,
O mundo onde vivo, vive a amizade
De todos os meus compadres
Libertos do celibato, que derribaram as saias.
Pindamonhangaba, Ilhéus, mangues sem fim,
Incluídos em mim posseiros de todas as minas.
Mostruários de ouro por todos os dentes,
Quando não escurece todas as possibilidades.
Extrair ovos sob a galinha quieta,
Comer com farinha, enrolar uma omelete.
Falta-me ao mundo que eu ocupo inteiro,
Já pelo cansaço, desse mundo imerso em mim,
Meu coração gritou, ontem, e hoje repetiu
O mesmo brado: quer uma companheira,
Uma artéria cheia de sangue todo fino,
Que ainda sou o arrimo deste infinito inteiro.
Aqui cabem luas, que caminham às bandas,
Um sol espumado pelas nuvens de banha de porco,
De mexidas loucas pra chegar ao ponto.
Um sabão de uva, que primeiro borra
E só depois clareia. Mas clareia tanto
Que não existe branco, alvo pelas golas,
Das minhas camisas lavadas de noite,
E que demanhãzinha já me acomodam, dentro.
São três moradores deste mundo imenso,
Eu, Alemão, o meu cão sestroso, e Flora um sabiá
Que se combinam e giram à hora de eu levantar

naenorocha1@hotmail.com disse...

Por favor pões um contador de visitas no meu blog. Eu tinha um e fui mexer no blog e perdi e não sei mais colocar.

Um beijo
Naeno

Entre linhas... disse...

Uma m�sica magn�gica,cheia de encanto tal com as tuas "princesas" lindas.
Bom fim de semana
Bjs Zita

Nilza disse...

Uau!!
Que lindo seu blog! E conteúdo interno tbm,..Foi bom descobrir vc aqui
Beijos

suruka disse...

Muito naturalmente
temos vontade de ser amados.

Tu mereces, sim!!!

bj